Teresa Marta entrevistada pela revista Cristina

  

Teresa Marta entrevistada na revista Cristina - Junho 2018
A fundadora da Academia da Coragem, Teresa Marta, foi entrevistada na edição de Junho da Revista Cristina onde falou sobre o que distingue o Coaching da Academia da Coragem de outros modelos existentes no mercado.

Partindo de uma base existencial, indo buscar o seu modelo teórico à Psicoterapia Existencial, área onde Teresa Marta é Mestre pelo ISPA, Instituto Universitário, o Coaching desenvolvido pela Academia da Coragem foca-se no poder do ser humano para se auto-superar, independentemente das situações adversas que esteja a passar no momento. 

O processo parte da gestão e organização dos pensamentos, alguns dos quais podem ser altamente demolidores e desmotivantes para a pessoa. Trabalho os pensamentos negativos para chegar a pensamentos positivos. No entanto, o cérebro não aceita facilmente passar de um pensamento negativo para um positivo. Quando alguém não gosta de si, por exemplo, não consegue passar a gostar de um momento para o outro. Por isso, tento criar pensamentos produtivos, que são aqueles que se transformam em acção  – refere Teresa Marta.
 
De facto, é através da acção que se dá que alcançamos a mudança. Por muito que alteremos a estrutura de pensamento, a mudança só se torna visível quando começamos a agir em função do que pretendemos alcançar. 
 
A Academia da Coragem trabalha essencialmente com gestores, líderes e coordenadores de equipas, estudantes e pessoas com doença prolongada. Para todos é necessária Coragem para mudar: Quem nos procura são essencialmente pessoas que sentem que não conseguem alcançar os seus objectivos por algum motivo ou, por oposto, pessoas que sabem ser capaz de alcançar aquilo que pretendem, mas onde algum factor as impede. Para além destas, são cada vez mais as pessoas que procuram o Coaching da Academia por sentirem algo cada vez mais comum nos dias de hoje: a falta de sentido para a vida. Nestes casos, trabalham-se muito aspectos como a gestão da incerteza, a angústia perante as escolhas, a singularidade pessoal, a auto-estima e a autoconfiança, diz Teresa Marta. 
 
 
 Entrevista da Jornalista: Margarida Menino Ferreira.